Quais os sinais de que estou a servir de rebound para alguém

8 sinais de que está a servir de rebound para alguém

8 sinais de que está a servir de rebound para alguém

07 de novembro de 2022

Uma das formas mais típicas de sair de uma relação, e ter a certeza que não se sente sozinho, é caindo logo de seguida na chamada rebound relationship (termo anglo saxónico para designar uma relação de recuperação). O problema está não só em quem a inicia, mas também em quem é apanhado sem se aperceber nessa trama. O mais provável é que a pessoa que acabou de sair de um namoro ou casamento não o faça de forma consciente - é uma forma de proteger-se e combater a solidão num momento delicado. Em geral, é uma combinação de timing infeliz com o facto do outro estar mais vulnerável.

Perceba que, só porque entrou em cena na vida de alguém após um término, não quer dizer que essa nova relação esteja condenada. Há, contudo, alguns sinais que poderá ter em conta:

1. Ele/ela acabou de sair de uma relação

Bom, a situação fala por si. Mas tenha calma, isto não quer dizer que tudo corra mal. Vejamos, não é por uma pessoa ter saído de uma relação há 1 mês que não se pode apaixonar por outra pessoa. O mais provável é mesmo a relação anterior já não estar saudável há muito tempo, e o "luto" ter sido feito ainda estando dentro dela, daí a pessoa estar mais disponível para conhecer outras pessoas tão rapidamente. Se existe o risco de passado umas semanas surgir arrependimento e querer voltar para o ex ou perceber que afinal era só mesmo medo de estar sozinho? Sim...

2. A relação anterior do seu parceiro era incrivelmente séria

Este é outro tópico importante. Sabe alguma coisa sobre a relação anterior do seu parceiro? Foi um relacionamento sério? Era um namoro desde o liceu? Ou simplesmente namorou com alguém durante uns meses e a chama foi-se apagando? Se for este o caso, provavelmente não terá sido nada muito sério e não haverá nenhuma "ferida" para curar. Mas, se falamos de uma relação duradoura, tenha atenção aos sinais, pois não se desiste de algo tão importante de um dia para o outro.

3. A pessoa está constantemente numa relação

Algumas pessoas, por alguma razão, precisam de estar constantemente emparelhadas a alguém. O que significa que "tudo o que vem à rede é peixe" durante o período de tempo em que estão sozinhos. E se isso for um padrão, é pouco provável que seja você a quebrá-lo.

4. As coisas estão a andar demasiado depressa

Se pensar bem, parece até que a pessoa ainda não largou a relação anterior. Tem uma vontade constante de estar consigo e fazer um tipo de programas que aparenta já ter feito antes? Não o larga por um segundo e já fez todos os planos possíveis e imaginários para um futuro a dois consigo? Isto pode ser um alerta de que algo ainda não está esquecido, e apenas está a meter poeira à frente dos olhos para adiar o sofrimento.

5. Ele/ela tem um grande evento ao qual precisa de levar acompanhante

Infelizmente, nesta situação, não se trata apenas de ser um rebound, é quase como se você fosse um objeto a ser utilizado apenas para uma função e objetivo. Isto acontece especialmente quando o ex da pessoa irá comparecer ao mesmo evento/aniversário/festa. A pessoa sente que precisa de "ganhar" e ficar por cima neste reencontro e mostrar que seguiu em frente. Infelizmente para todos os envolvidos, ele/ela provavelmente não o fez.

6. Sente que não têm nada em comum

A relação sente-se quase como forçada. Não têm os mesmos objetivos, a mesma forma de ver a vida, os mesmo valores. Se assim for, o mais provável é que esta seja uma relação por conveniência, por parte dos dois lados. Têm ambos de cortar laços e lidar com os seus sentimentos sozinhos. Não é saudável para ninguém criar uma relação de codependência.

7. As expectativas para esta relação são demasiado irreais

Sente que nada do que faz é suficiente? A pessoa parceira está constantemente a pedir mais e mais de si e está sempre aborrecida com tudo aquilo que você faz ou não faz? Talvez porque está à procura de uma substituta para a relação anterior. Até aceitar que a relação anterior acabou, as coisas não vão mudar.

8. Os amigos do seu parceiro não fazem questão de o conhecer

Não têm de ser necessariamente maus e distantes consigo, mas existe aquela sensação no ar de que não fazem questão de o conhecer melhor, talvez por achar que a sua presença não vá ser duradoura. Isto porque conhecem o seu parceiro melhor que ninguém e qual a sua situação atual.

Não existe o timing perfeito para o amor, ele aparece quando menos esperamos. Não tenha medo de arriscar, mesmo que as circunstâncias não sejam as melhores. Fique, no entanto, alerta aos sinais e não se deixe cegar pelo encanto dos primeiros dias, e tente sempre ler entre as entrelinhas - elas dizem mais do que pensamos!

Felizes.pt



Partilhar no FacebookPartilhar
 
1 Comentário

Raquel Nery
Há 19 dias

Gostei muito mesmo... dos sinais de alerta, incrível !!! Não vê às coisas de outra forma, enfim, para mim foi interessante passei a compreender como funciona uma relação, quando não significa o mesmo objetivo entre ambos.

Inserir comentário

Inserir